Skip to main content

O falecido ainda está vivo?

Será que o falecido realmente morreu ou ele ainda está vivendo como um fantasma em sua vida?

O fato de você estar saindo com outras pessoas não quer dizer que você tenha realmente “enterrado o falecido”. Se você decidiu dar um ponto final a seu antigo relacionamento, é importante que isso se note também em sua forma de falar e de agir. Todo cuidado é pouco nos primeiros encontros, ainda mais logo depois da separação. Quanto menos você trouxer o assunto à tona, melhor. Se ele perguntar ou alguma coisa aparecer, tudo bem você comentar. Já ficar falando do ex ou, ainda pior, ficar comparando pode ser o fim de um novo relacionamento. Bora ver como você pode saber se o “falecido” ainda está vivo em sua vida e como caçar definitivamente esse fantasma!

Ele ainda está vivo

Se quando você sai com um cara que acabou de conhecer, você ainda continua falando do falecido, reclamando para o carinha que convidou você para sair das coisas que ele fazia e como ele tratava você, talvez, seja melhor voltar duas casas. Sim, você ainda não superou. O falecido ainda está vivo. Se houvesse uma missa, o corpo estaria presente e com o coração batendo. Você gostaria de sair com alguém que não parasse de falar, mencionar e fazer comparações do seu comportamento com a ex dele? Portanto, volte duas casas!

Cuide a forma de falar

Já aconteceu de você falar mal de algum familiar seu para uma amiga e, depois de um tempo, essa amiga resolve falar mal de seu familiar e você fica com raiva da sua amiga? Então, quando você está falando de uma pessoa para outra pessoa, essa pessoa se acha no direito de falar mal dessa outra pessoa também, porque ela vê que vocês não gostam dessa outra pessoa em comum. Agora, imagina que isso seja do seu ex e o cara com quem você está saindo começa a falar mal do seu ex. E agora, chiquita? Acho que não foi tão legal assim, não é? Portanto, muito cuidado em como você vai falar do ou dos seus ex. O melhor é não falar. Se for preciso mencionar, cuidado para não dar essa liberdade. Lá na frente, você pode ficar se sentindo mal.

 

Está gostando do artigo?

Já imaginou ser uma mulher segura? Tomar decisões acertadas sem ficar em dúvida? Ter uma autoestima elevada? Poder seduzir os homens e saber como fazer isso com maestria? Foi pensando em você que criei um grupo lá no Facebook, o Bora Conversar, onde temos reuniões semanais às terças, para falar justamente sobre esses assuntos. Lá, além disso, você também vai aprender como deixar um homem doidinho por você, como você pode conversar com seu amor e fazer ele ouvir e entender você e muito mais.

CLIQUE AQUI PARA SE CADASTRAR E TER ACESSO AO GRUPO BORA CONVERSAR

 

Como você o menciona quando o menciona

Pode parecer um detalhe menor, e a verdade é que a forma como você fala do seu ex revela muito sobre você e como você se sente em relação a ele, a como foi a relação e a como terminou a relação de vocês. Algumas mulheres gostam de usar o termo falecido para se referir ao ex. Quando você cria um nome, quando você tem um nome para se referir a uma pessoa, isso demonstra que você ainda tem sentimentos em relação a essa pessoa. E aqui, não importa se o sentimento é bom ou ruim, ele ainda existe e está dentro de você. Então, a melhor forma é usar o nome da pessoa e sem tom de voz diferente. Mencione o nome da pessoa como se estivesse falando de qualquer outra pessoa. Você não gostaria que o cara que você está saindo demonstrasse muito carinho ou raiva excessiva pela ex, não é verdade? O mesmo se aplica a você, chiquita!

Menos é mais

Você não tem porque ficar dando detalhes de seus relacionamentos anteriores. E também não tem porquê ficar perguntando detalhes dos relacionamentos dele. Perguntar o que ele aprendeu com todos os relacionamentos que ele teve, é interessante, pois mostrará o quanto ele amadureceu. Da mesma forma, você pode contar o que aprendeu em toda sua caminhada. Quem sabe vocês não começam a aprender algo juntos agora?

Se vai ter lembranças, que sejam boas

Todos os relacionamentos têm momentos bons e ruins. Se você vai comentar com seu novo pretendente, que sejam boas lembranças. Você nunca sabe o que vai acontecer desse relacionamento. É melhor sempre falar bem das pessoas e aprender com os erros da relação. Lembre-se, não existe o fracasso, somente o aprendizado.

Se você quer realmente se libertar do passado, precisa começar a se ajudar. Ficar se lembrando do que aconteceu faz com que você continue vivendo a seu passado, em seu presente! Portanto, para dar um ponto final, deixe o passado em seu devido lugar, no passado.

 

CLIQUE AQUI PARA DESCOBRIR O TIPO DE MULHER QUE VOCÊ É NO RELACIONAMENTO E COMO MELHORAR 

 

Será que você não está fazendo as comparações equivocadas? Será que não está comparando coisas que não deveriam ser comparadas? Veja esse vídeo que preparei para você!

 

Bora Ser Feliz!

Márcio Câmara

Coach de Relacionamento. Ajudar você, mulher, a ser segura e a tomar decisões acertadas para ser feliz no amor, eis aqui a minha paixão!

Comentários no Facebook

Faça o Coach feliz. Deixe seu comentário!

%d blogueiros gostam disto: